Vídeo mostra cena do tiro durante as manifestações do Egito

Este registro é do fotógrafo Mahmud Hams, outro fotógrafo que também cobre a manifestação.

Foto-Mahmud-Hams-AFP1

A notícia da morte de um fotógrafo nas manifestações contra o exército egípcio foi divulgada apenas hoje, mas as imagens foram feitas no dia 30 de junho. Ahmed Samir Assem, de 26 anos, acampava em frente a Guarda Republicana do Egito, onde centenas de pessoas protestavam contra o golpe militar que está acontecendo naquele país, quando segundo a impressa do local ele registrou sua própria morte.

Assem trabalhava no jornal “Al-Horia Wa Al-Adala”, e fazia imagens de um atirador de elite que disparava contra os manifestantes. As imagens, com quase 30 segundos, mostra alguns tiros até que o soldado vira a arma em direção ao fotógrafo e a gravação termina, quando supostamente, Assem é alvejado na testa.

Outro fotógrafo levou a câmera para o jornal onde descobriram o que havia acontecido. Este é o único filme dos confrontos que envolvem a Guarda Republicana egípcia, as imagens serão usadas pelas autoridades competentes como prova do tiroteio e violação dos direitos humanos.

– See more at: http://photos.uol.com.br/materias/ver/81608#sthash.meO0bxgK.dpuf

Assista ao vídeo abaixo:

email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *