Semana da Fotografia de Sorocaba 3ª Edição

De 05 a 10 de maio de 2014

semana-da-fotografia- de Sorocaba-2014

semana-da-fotografia- de Sorocaba-2014

O Semana da Fotografia de Sorocaba é  referencia de evento fotográfico em Sorocaba e região, coordenado pelo fotógrafo Edeson Souza.. Dezenas de profissionais de renome passaram por aqui. Em 2014 teremos mais novidades, especialmente no que se refere à estrutura, organização e público. A cada ano, aumenta o número de participantes e de palestrantes com muito talento. Durante o período do evento estaremos provendo diversas exposições fotográfica nos espaços culturais da cidade. São 7 dias de aprendizado intensivo de fotografia. Com informações privilegiadas, apresentadas por profissionais focados em revelar suas melhores técnicas para que você se atualize e domine a Fotografia, se tornando um profissional melhor. Auditório Wilson Fernando da Silva “Bolinha” – Rua Hulio Hanser, 140, 4º andar – Jardim Faculdade, Sorocaba, SP O  Auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba é o local perfeito para acomodar os participantes inscritos na Semana da Fotografia de Sorocaba. A infra-estrutura foi desenvolvida para receber até 220 pessoas com total conforto. Tudo isso graças a união de forças entre o Grupo Imagem Núcleo de Fotografia e Vídeo de Sorocaba e o Olho Vivo Núcleo de Fotografia, de nossos parceiros, o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, da Matrix Digital, da FUNDEC,

 

Programação Gratuita.

05/05/2014 – Segunda-feira – 19h30m

Tema: “Todo mundo sabe bater uma fotografia”? Planejamento de carreira para Fotógrafos. Nesta palestra iremos debater o cenário da hiperconcorrência do mercado fotográfico e apontar estratégias para planejar uma carreia bem sucedida na área.

Professor Edson Cortez

Professor Edson Cortez

 

Sobre o Palestrante: Diretor da Faculdade de Comunicação, Artes e Design do CEUNSP. Prof. Edson Cortez é um apaixonado pela fotografia, formado em Ciências Sociais pela USP e diretor da Faculdade de Comunicação, Artes e Design do CEUNSP. Implementou o primeiro Curso Superior de Fotografia da região, do qual foi professor e coordenador

Veja as fotos: http://bit.ly/RnPwKP

 

 

 

 06/05/2014 – Terça-feira – 19h30m

Vinicius Fonseca

Tema: Viagens e Natureza

Vinicius Fonseca

 

 

Sobre o Palestrante: Fotógrafo e biólogo, com trabalhos feitos junto a grandes instituições de pesquisa e conservação como Projeto Tamar, Zoológico de São Paulo e outras, assim como fotos publicadas em revistas como National Geographic. http://bit.ly/1qy3Uwm

 

07/05/2014  – Quarta-feira – 19h30m

Tema: Fotojornalismo

Mediação do Jornalista e fotógrafo Fernando Negrão Duarte 

Fernando Negrão Duarte

 
 
 
Sobre o mediador: Fernando Negrão Duarte é graduado em jornalismo pelo Puc Campinas. Mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade de Sorocaba onde é professor titular de fotojornalismo há 18 anos. Repórter Fotográfico profissional há 31 anos. Trabalhou para o Jornal Diário de Sorocaba, Jornal Correio Popular de Campinas, Revista Veja entres outros veículos de comunicação. Mestre em Comunicação e Cultura, Coordenador do Laboratório de Comunicação, Universidade de Sorocaba – UNISO

 

 

Participação dos fotojornalistas: Paulo Ochandio, Teylor Soares e Erick Pinheiro.

Paulo Ochandio

Paulo Ochandio

 Paulo Cesar Ochandio. 56 anos, casado com Silvia Carmem Kosaca Ochandio, residente em Sorocaba, SP, Formado em jornalismo pela PUCCamp na turma de 1978, trabalhou na Prefeitura de Sorocaba de 1997 a 2012 no Gabinete do Prefeito, Secretaria da Comunicação – redator e repórter fotográfico, rádio web e TV web, Assessoria de Imprensa do II Festival Internacional de Cinema de Itu em 2008, presidente do júri da Mostra Competitiva de Curtas Regionais do V Festival Internacional de Cinema de Itu em 2011, no Jornal Correio Popular – Campinas – pesquisador e indexador de fotografia em 1997, na Editora Abril – São Paulo – pesquisador/editor e indexador do acervo fotográfico da editora – Departamento de Documentação – Dedoc – 1985/1995, Revista Placar – pesquisador e assistente de fotografia e edição – 1988/1989, Revista Contigo – pesquisador e editor assistente – 1994/1995, Editora Joruês – Gazeta de Pinheiros – São Paulo – revisor – 1984/1985, Jornal Diário do Povo – Campinas – revisor – 1981, Rádio Andorinhas FM – Campinas – repórter, produtor e apresentador de programa sobre cinema – 1980, Jornal da Cidade – Jundiaí – estágio – repórter 1979
Conhecimentos em Windows, Photoshop, Curso de Inglês – Camden College – Londres – 1996, Espanhol – Leitura, Capacitação em Ateliê de Pesquisa em Poéticas Visuais – com Josué Mattos – SESC Sorocaba – em andamento, II Seminário Studium – Coleções Fotográficas – Unicamp – 2013, A Produção Artística e sua Reflexão na Elaboração de Portfólio de Artes Visuais – com Del Pilar Salum – Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba (MACS) – 2013, Noções Básicas de Arquivo e Conservação de Documentos (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí) – 2011, Estética da Imagem na Pós Modernidade – Fundação Cásper Líbero/SP – professora Marlene Furtado – 2002, Comunicação Negocial – Editora Abril – 1988, Workshop de fotografia – Editora Abril – com o fotógrafo Pedro Martinelli , Workshop de fotografia – agência Estado – com o fotógrafo Sebastião Salgado, Curso de Fotografia – Senac/SP – 1987, sem premiado no Prêmio Anual Sorocaba de Literatura 2009 – Prêmio Especial Arte Visual e Poesia – Livro “Folia”Áreas de interesse: Criação do Coletivo Nós da Fotografia – 2013 – Promover o debate, a reflexão e a discussão do fazer fotográfico. Foto certificada pelo MACS – Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba – Pasta de Colecionadores 2012. Fotografia – Autor do Livro “Folia” (Contribuição para a história do carnaval sorocabano) – 2009Exposições Fotográficas: Coletiva – “Coletivo, Sorocaba, 358” – Oficina Cultural Grande Otelo – 2013 e Coletiva – “Memória Tropeira” – Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba (MACS) 2013Teatro – Atuação na Peça Arena Conta Tiradentes – de Augusto Boal e Gianfrancesco Guarnieri – direção – Lilian Breda – Sorocaba – 1975. Curso com o ator Paulo Betti/ Paulo Giardini/ Márcia Brasil – Peça Ybisoroc (história de Sorocaba) – Sorocaba – 1997Residiu além do Brasil nos países: Japão – 1995/ junho – 1996 e Inglaterra – julho/dezembro – 1996paulochandio@hotmail.com
 
Teylor Soares

Teylor Soares

 
 
 
 
Teylor Soares, 38 anos
formado em jornalismo pela UNISO em 2001, já trabalhou em todos os jornais da cidade.
Diário de Sorocaba, Bom Dia e Ipanema como contratado e Cruzeiro do Sul como freelancer.
Tem uma vasta experiência em cobertura de festas e eventos sociais. Nos jornais trabalhou com diversos colunistas socias e em 2009 assinou uma coluna no jornal Ipanema ate 2013.
Hoje trabalha como freelancer e mantem o blog Alem das Fotos.
 
 
 
 
    
 
 
 
 
 
 
 
 
Erick Pinheiro

Erick Pinheiro

 
 Erick Fabrício Tozi Pinheiro “Erick Pinheiro” 33 anos sou casado um filho de 8 anos, trabalho como repórter fotográfico desde de 1997 primeiro emprego no Jornal Folha de Votorantim ficando lá até 2007 quando entrei no Jornal Cruzeiro do Sul, onde estou até hoje. Já trabalhei como frila, na Revista Édomingo e Fotografo do Votoraty time de futebol da cidade de Votorantim.
 
  
 
 
 
 
  
 
fotojornalismo é um ramo da Fotografia onde a informação é clara e objetiva, através da imagem fotográfica, é imprescindível. Também pode ser considerado uma especialização do Jornalismo.
Através do fotojornalismo, a fotografia pode exibir toda a sua capacidade de transmitir informações. Essas informações são transmitidas pelo enquadramento escolhido pelo fotógrafo diante do fato. Nas comunicações impressas, como jornais e revistas, bem como pelos portais na internet, o endosso da informação através da fotografia é uma constante.
A fotografia nos meios de comunicação é muito importante como uma fonte de informação. Atualmente, matérias jornalísticas destacam-se com a presença da fotografia.
fotografia em preto e branco publicada em jornais, existe há mais de cem anos e é uma das características do fotojornalismo. Embora, a fotografia colorida tenha ganhado espaço nessa categoria, no início dos anos 70 com as revistas semanais brasileiras MancheteVeja e Realidade, entre outras.
Alguns gêneros de fotografia jornalística podem ser destacados:
  • Fotografia social: Nesta categoria estão incluídas a fotografia política, de economia e negócios e as fotografias de fatos gerais dos acontecimentos da cidade, do Estado e do País, incluindo a fotografia de tragédia;
  • Fotografia esportiva: Nessa categoria, normalmente as informações de lances individuais influi na sua publicação;
  • Fotografia cultural: Este tipo de fotografia costuma chamar a atenção para a notícia antes dela ser lida;
  • Fotografia policial: Categoria associada a imagens de combate, apreensão e ou repressão policial, crimes, mortes. Este tipo de fotografia, muitas vezes, recebe destaque na sua publicação, o que provoca as mais variadas reações diante dos fatos.

08/05/2014 – Quinta-feira – 19h30m

Luciane Panisson

Tema: Moda

Luciane Panisson

 
 
 Sobre a Palestrante: Bacharel em Design de Moda pela Universidade Estadual de Londrina, 
Especialista em Comunicação e Mercado pela Universidade Paranaense, Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC – SP, 
É docente de cursos de graduação em Design de Moda e Fotografia há mais de 10 anos e como docente nas instituições Ceunsp – Salto, Uniso – Sorocaba e Unisal – 
Americana. 
Atua como produtora de moda e fotógrafa e é proprietária do DT!UP Photobar em Salto.

09/05/2014 – Sexta-feira – 19h30m

Carlos Luis Marien 

Tema: Fotografia Fine Art

Carlos Luis Marien

 
 
 
 
 
 
 
 
O que é pequena história números do mercado como preparar arquivos digitais para a impressão detalhes técnicos da impressão fine art.
 
Sobre o Palestrante: Designer, Impressor Digital de Fine art
Depois de mais de 18 anos atuando  como profissional executivo de marketing  em indústrias nacionais e internacionais,  mudei meu foco para um negócio próprio, foi quando  criei  meu estúdio de Design Gráfico e fotografia, onde venho trabalhando  a mais de 15 anos, no desenvolvimento do design de embalagens, de produtos, etc.
Integrante do Conselho editorial da Revista Brincar, especializada em brinquedos, onde escrevo regularmente artigos técnicos sobre embalagens e cores.
Com o recente advento da tecnologia de impressão a jato de tinta, surgiu a Impressão Digital Fine Art  , especializei-me neste processo de Impressão digital com alta qualidade de  fotografias e obras de arte. Este trabalho iniciei em 2009, em 2013 nosso estúdio de impressão foi certificado pela empresa francesa Canson, como um estúdio de impressão que atende a todas as normas internacionais de impressão, durabilidade e qualidade.
Especialista em impressões de jato de tinta mineral, sobre papéis de algodão, alfa celulose, etc, com qualidade e durabilidade  museológica .
Formação especializada recente:
Cores CMYK e Arte Finalização, APP Campinas, com Ricardo Minoru
Gerenciamento das cores nos processos digitais, Estúdio 5000K , com Cau Pansardi
Iluminação fotográfica , Fullframe, com Rodrigo Zugaib
Cores Precisas na fotografia digital, Coralis, com Ronaldo Rufino
From Camera to Print & Screen, Michael Reichmann e Jeff Schewe
Fine Art Printing for Photographers: Exhibition Quality Prints with Inkjet Printers , Uwe Steinmueller e Juergen Gulbins
www.weprintfineart.com.br 
 
 

10/05/2014 – Sábado – 09h

Oficina de Light Paint – Olho Vivo

Light Paint
 
 
 
 
 
 
 
 
Pode ser que muitos nunca tenham ouvido falar dessa técnica, mas ela é relativamente simples e pode oferecer resultados interessantes para quem está procurando um algo mais em suas fotos ou gosta de experimentalismos.
 Claro que a técnica se torna muito divertida quando executada em grupo e pode render um bom período de entretenimento. Na realidade, o único limite para a técnica é a imaginação de quem a está realizando.
Como o nome já diz, Light Painting significa “Pintar com a Luz”. Em um ambiente totalmente escuro ou com pouca iluminação, perto da escuridão, e usando uma câmera que possua o modo de longa exposição fixa em um tripé, o fotógrafo usa diferentes fontes de luz como se fossem pincéis.
Podem-se usar lâmpadas ou lanternas comuns para “pintar” a cena.
Algumas imagens, no caso dos Rastros-de-estrelas, ou das imagens das lanternas e faróis dos carros em uma estrada ou rodovia, shows pirotécnicos e fogos de artifício, também podem ser consideradas uma forma de lightpaint, só não temos o controle das fontes de luz.
Veja abaixo uma lista de materiais necessários:
– Câmera com recurso de longa exposição (pelo menos 15 segundos). Se for uma DSLR vai gerar um melhor resultado, mas também é possível fazer com compactas avançadas que possuam controles e foco manuais;
– Tripé, quanto mais firme for o tripé melhor, para que não haja a possibilidade das fotos saírem tremidas;
– Lanternas de diferentes potências. Até refletores de jardim podem ser usados;
– Plásticos ou celofanes de diferentes cores;
– Uso de fogo, chamas, isqueiros, queimar bombril, também dão ótimos   resultados e imagens incríveis, porém claro, somente em ambientes abertos e deve-se tomar o maior cuidado para evitar acidentes e queimaduras.
– Apontador laser, daqueles usados para palestras, são muito úteis e versáteis;
– Se possível, um flash de câmera é muito útil também;
– Roupa escura, para não aparecer na cena.
A primeira coisa a fazer é encontrar o local ideal. O espaço não precisa ser grande, mas se for muito pequeno vai atrapalhar a movimentação, principalmente se tiver um número grande de pessoas participando. Uma opção interessante é que seja feito a noite, por conta da obrigatoriedade de estar escura a sala, ou que seja um local com poucas janelas que possa ser escurecido.
O uso de roupas escuras por parte de quem vai operar as lanternas (e não vai aparecer na foto), também é muito importante.
Coloque a câmera no tripé e regule o tempo do obturador para o máximo possível (algumas câmeras são 15 e outras 30 segundos). Também é indicado o uso do timer, para que a camera não se mova com o movimento de pressionar o botão disparador, ( ou uso de cabo disparador).
Quanto maior o tempo de exposição, maior e a possibilidade de agir na cena.
Depois de fixada a câmera, faça o foco manual, regule o obturador e faça o enquadramento da cena. Se for usar objetos é só planejar a pintura de luz que vai usar.
No caso de pessoas ( também chamada de Bodypaint), fica um pouco mais complicado, pois é necessário que a mesma não se movimente até que você faça a sua “arte” sobre ela.
Embora o Light Painting seja uma atividade muito divertida, a técnica é muito usada em fotografia publicitária e para algumas fotos de arte.
A câmera deve ser regulada com o mínimo ISO possível (50 ou 100) e o diafragma deve ficar de f/11, porém, o diafragma pode ser mudado dependendo do resultado esperado. Tudo isso para melhorar a nitidez e ter uma boa profundidade de campo.
 
Exposição Fotográfica
EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA ” O ORAÇÃO DO FOTÓGRAFO” com tema livre, de 05 à 23/05/14 na FUNDEC Sorocaba, Rua Brigadeiro Tobias, 73, centro, Sorocaba, SP
 

Para participar preencha e envie o formulário abaixo:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seus telefones (obrigatório)

Assunto (obrigatório)
Inscriçãoinformações

Dia e Palestra

Fotos dos palestrantes:

Fernando Negrão10

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

 

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Fernando Negrão Duarte

Foto: Fernando Negrão Duarte

Vinicius Fonseca

Vinicius Fonseca

Vinicius Fonseca

Vinicius Fonseca

Vinicius Fonseca

Vinicius Fonseca

 

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

Foto: Luciane Panisson

email

11 comentários

  1. Karina /

    Bom dia. Qual vai ser o horário das palestras, exposições, etc?

  2. Daniel Perretti /

    Tem algum custo as palestras . obrigado…

  3. Raimundo Nascimento /

    Muito bom, e eu estarei presente sem falta rsrs.

  4. Anderson Leandro Kulik /

    Olá Edeson, vou fazer o máximo pra ir 🙂

  5. Gostaria de me inscrever para a palestra de fineart. No dia 09/05. Obrigada!

  6. JORGE ANTONIO RODRIGUES DA MOTA /

    É NECESSÁRIO LEVAR ALGUM EQUIPAMENTO?

  7. Duilio D. /

    olá boa noite, onde faço minha inscrição? estarei presente nos dias 09 e 10/05. Grato.

  8. marcelo nascimento /

    Gostaria de inscrever para a palestra de fineart no dia 09/05 os seguintes nomes: Marcelo Nascimento,Antonio Zardo,Cleiner Micceno e Laerte Guimarães. Obrigado

  9. Luiz macedo rodrigues /

    Aconpanhei as palestras e achei fantásticas durante a semana com sabor de quero mais. Parabéns ao Edeson. abraços.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Agenda de Cursos | Grupo Imagem - […]  Semana da Fotografia de Sorocaba – 3ª Edição […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *