Saída Fotográfica – Museu do Café de Botucatu

O Grupo Imagem Núcleo de Fotografia e Vídeo de Sorocaba, promove mais um Passeio Fotográfico sob a coordenação do fotógrafo Edeson Souza, sendo monitorado também pela fotógrafa Edvania Moreira e o fotógrafo Carlos Maritano, que estarão orientando os participantes sobre o equipamento e técnicas fotográficas.
Museu do Café de Botucatu

Roteiro

Prefeitura Municipal
Localizada na Praça Pedro Torres, 100 – Centro.
O início da construção do prédio foi no final da década de 1930, com finalidade inicial foi de ser a sede regional dos correios e telégrafos. A inauguração ocorreu em 24 de outubro de 1940. Em 1975 foi extinta a sede dos correios e telégrafos, e ocupado pela prefeitura municipal em janeiro de 1977.
Catedral de Botucatu

Localizada na Praça Dom Luís Maria de Santana, 176 – Centro.A igreja é a principal edificação do centro histórico e tem estilo arquitetônico gótico tendo a assinatura do projeto o engenheiro Cav. J. Sachetti. A oito de dezembro de 1.927, dois anos após sua chegada a Botucatu, Dom Carlos Duarte Costa lançou solenemente a pedra fundamental da nova Catedral de Santana, com a presença do então Presidente do Estado Júlio Prestes, mas a Catedral de Botucatu foi inaugurada no dia oito de dezembro de 1.943, dezesseis anos após o início da construção. A igreja passou por várias reformas desde sua fundação

Morro de Rubião Júnior
Localizado na Rodovia Domingos Sartori (pavimentada), a cerca de 5 km do centro, no Distrito de Rubião Júnior.
Atrativos: Consiste em um dos mirantes da cidade. Há uma série de formações rochosas, além da Igreja de Santo Antônio, em forma de castelo medieval, na qual ocorrem festas religiosas. O local é aberto ao público, com área para estacionamento e sem cobrança de ingresso. Visitas noturnas são proibidas. Existe também a Cascata de Rubião Júnior, localizada atrás do Morro.
Museu do Boiadeiro
Localizado na Praça José de Souza Nogueira, 140 – Distrito de Rubião Júnior.
Atrativos culturais: também tem como acervo peças referentes à vida e a atividade do peão de boiadeiro e outros elementos que fogem à temática.
Horário de funcionamento: Diariamente das 9 às 11h e das 13 às 17h Fone: (14) 3813-8245 – Entrada Franca
Almoço num restaurante da cidade
Museu do Café
Localizado na Fazenda Lageado – Casa Grande
Atrativos culturais: acervo relacionado à cultura do café e sua história no espaço regional.
Horário de funcionamento: Segunda à sexta das 9h às 11h e das 14h às 17h – Sábados, domingos e feriados das 12h às 17h. Fone: (14) 3811-7240 – Entrada Franca
Site: www.fca.unesp.br/areahistorica
BREVE HISTÓRICO DA FAZENDA LAGEADO

Com uma evolução histórica singular, cuja conformação atual data de 1885, a Fazenda Lageado foi uma das maiores propriedades particulares produtoras de café para exportação do estado de São Paulo, utilizando-se de tecnologia hidráulica como força motriz para o beneficiamento dos grãos. Em 1934, a fazenda passa ao controle do governo federal para saldo de dívidas resultantes da crise da Bolsa de Nova York (1929), tornando-se uma Estação Experimenta Federal.Neste período recebe inúmeros investimentos em maquinários e tecnologia de ponta para o desenvolvimento de pesquisas agrícolas, inicialmente sobre o próprio café e posteriormente expandidas para outros grãos. Apenas no ano de 1972, através de decreto federal, o governo do Estado de São Paulo recebe a cessão para uso da fazenda como unidade de Ensino Superior, para implantação dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária, que juntamente com as Faculdades de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu e os outros Institutos Isolados de Ensino Superior do Estado uniram-se em 1976 para a formação da UNESP.

Projeto de Revitalização

Por sua localização e acesso privilegiados, o Lageado é o local mais visitado de Botucatu e região, atraindo quase 30% dos visitantes (turistas) da cidade, além de acolher uma população universitária de aproximadamente 1.000 alunos de graduação, 700 alunos de pós-graduação e 500 funcionários. Todo esse novo universo desenvolvendo-se na área de interesse histórico da fazenda vem demandando, além da recuperação e preservação de sua própria história e todo seu patrimônio físico e cultural, uma busca por alternativas sustentáveis para sua manutenção e crescimento.
Em uma parceria entre a Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) com o Arq. Guilherme Michelin e a Fundação de Ensino e Pesquisas Agrícolas e Florestais (FEPAF), surge o projeto de Revitalização de Uso da Área Histórica da Fazenda Lageado, com base no Projeto “Parque Urbano – Fazenda Lageado”, resultado do trabalho final do arquiteto para o Curso de Especialização em Conservação e Restauração de Monumentos e Conjuntos Históricos (CECRE) na Universidade Federal da Bahia.
Concebido como um projeto de restauro, trabalha a pré-existência de todo o conjunto histórico da Fazenda através do entendimento de sua paisagem cultural, estrutura física, usos, ocupações e relações já existentes entre os usuários e toda a área. Não surge, portanto, como geração espontânea ou uma atitude impositiva, mas sim como um plano de diretrizes para o restauro, adequação e indicações de uso para todo o conjunto do que ali já convive física, visual ou afetivamente. Com a premissa básica de manutenção deste incomparável acervo histórico-cultural capaz de demonstrar não apenas a evolução das metodologias e maquinários do período do café, mas as nuances da ocupação dos imigrantes europeus no interior do estado de São Paulo.

 

Sugestão de Roteiro
1 – Roteiro básico:
Visita ao terceiro nível do terreiro, localizado ao lado da Casa Grande, que atualmente abriga o “Museu do Café”.
No local, o visitante receberá informações sobre o funcionamento da usina de café.
A seguir, visita ao “Museu do Café” conhecendo peças, equipamentos e documentos ali preservados.
Duração prevista: Mínimo de 1h00
Público alvo: grupos de terceira idade, portadores de necessidades especiais, e outros que tenham limitação quanto a percurso e tempo.
2 – Roteiro Intermediário I:
Visita completa ao terreiro (três níveis), conhecendo na parte superior (1º nível) o início do processamento de grãos, o aqueduto, a tulha de ligação dos terreiros com a vagoneta. Visita ao “Museu do Café”.
Duração prevista: Mínimo de 1h30
Público alvo: pessoas que possam caminhar e subir as escadarias que ligam os três níveis dos terreiros.
3 – Roteiro Intermediário II:
Engloba os atrativos constantes do roteiro anterior, acrescentando visita ao interior do moinho e da serraria.
Duração prevista: Mínimo de 2h00
alvo: Pessoas que não possuam restrições quanto à caminhada.4 – Roteiro Completo:

Engloba os atrativos constantes nos roteiros anteriores acrescentando visita a estação ferroviária, portaria das palmeiras imperiais, campo de futebol, e os tanques de separação de água utilizada na usina de geração de energia, além do entorno da Casa Grande (paiol, alamedas, jardins).
Duração prevista: Mínimo 2h30
Público alvo: Pessoas que não possuam restrições quanto à caminhada.

 

Observação: Os atrativos estão localizados numa área de fácil acesso. Caso os roteiros acima não atendam às suas necessidades, entre em contato, pois iremos adequar a visita à necessidade do seu grupo. Consulte-nos (14) 3880-7240 ou museudocafe@fca.unesp.br

Endereço do Campus:

Portaria I: Rua José Barbosa de Barros, nº 1780
Portaria II: Rodovia Alcides Soares, Km 3 Botucatu – SP
Tel: (14) 3880-7100 / Caixa Postal 237
CEP 18610-307
 
Veja mais informações de Botucatu, SP: http://botucatu.sp.gov.br/ 
 
Fonte:  http://www.fca.unesp.br/#!/instituicao/patrimonio-historico/principal/
Quando: 26/01/2014
Ida: saindo as 07h da manhã no Grupo Imagem – Rua Julio Hanser, 140, Jardim Faculdade, Sorocaba, SP- Prédio do Sindicato dos Metalúrgicos (Próximo a Rodoviária)
Volta: saida de Botucatu as 17h
Custo: R$ 70,00  por pessoa.

FORMA DE PAGAMENTO:

O pagamento da reserva irá garantir sua vaga no curso. Escolha abaixo a melhor forma:

 1) Pessoalmente no Grupo Imagem – Rua Hortencio Piaya martinez, 110 – Jardim Prestes de Barros – 18021-250 – Sorocaba, SP
2) Por depósito ou DOC em nossa conta bancária: Bradesco – Ag. 0152-0 – C/C 150.366-9 – Edson Cortez Souza – CPF: 311.241.108-01 ou
3) Através de cheque, que poderá ser retirado em sua residência ou local de trabalho.
 

 Reserva:

A confirmação de reserva só se dá após o pagamento e o envio de comprovante por e-mail:cursos@grupoimagem.org.br.

Horário : – Máximo 15 minutos de tolerância para a partida .

Direito Autoral :

Monitor:

Edeson Souza – Fotógrafo, videógrafo, professor de fotografia e vídeo, um dos fundadores e presidente do Grupo Imagem Núcleo de Fotografia e Vídeo de Sorocaba, membro da Fototech, Participou e participa de Exposições fotográfica, coletivas e indivíduos, estudou entre outras na FCAD CEUNSP, Escola Panamericana de Artes, SENAC, Focus, Fuji, Kodak. Na área da fotografia digital Participou de cursos e workshops com mestres Clicio Barroso, Thales Trigo, Alexandre Keese, André Borges Lopes, Newton Medeiros, Marcos Issa, entre outros. Participa assiduamente de Congressos, Conferencias, seminários, feiras, workshops, cursos e encontros sobre fotografia e demais eventos da imagem. Tem ministrado cursos, palestras e workshops no Grupo Imagem, UNITEM, FUNDEC, SESC, OSE COC, Fundação Casa, Oficina Cultural Grande Otelo, empresas, escolas e faculdades. Como profissional atua nas áreas de Eventos, Publicidade, Estúdio e Social

Mais Informações :

Grupo Imagem Núcleo de Fotografia e Vídeo de Sorocaba
1 – Rua Julio Hanser , 140 – 3 º andar – (Próximo Rodoviária ) – 18030-320 – Sorocaba – SP
2 – Rua Hortencio Piaya martinez, 110 – Jardim Prestes de Barros – 18021-250 – Sorocaba, SP
www.grupoimagem.org.br    –  cursos@grupoimagem.org.br
15-3227-2099 -15- 3346-2099
 

Inscrição e reserva

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seus telefones (obrigatório)

Assunto (obrigatório)
Inscriçãoinformações

Marca e modelo de sua câmera

email

Nenhum comentário

Trackbacks/Pingbacks

  1. Programação primeiro semestre de 2014 | Grupo Imagem - […] Saída Fotográfica – Museu do Café […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *