Cursos

Curso Fotografia Especial de Férias

Postado por em 12 de dezembro de 2017

O mercado profissional de fotografia aumenta a cada dia. Com a fotografia digital o leque de produtos a ser oferecido também aumentou; reportagem de casamentos, aniversários, bodas, eventos empresariais ou fotos de produtos são muito grandes….

Leia Mais

Noticias

Curso Cinegrafista e Editor de Vídeo Digital

Postado por em 17 de novembro de 2017

Capacitar os participantes a utilizar os equipamentos de vídeo e edição. Como manusear uma câmara de vídeo, tipos de equipamentos, os principais botões e comandos para produzir uma boa captação de som e imagem…

Leia Mais

Passeios fotográficos

Curso Cinegrafista e Editor de Vídeo Digital

Postado por em 17 de novembro de 2017

Capacitar os participantes a utilizar os equipamentos de vídeo e edição. Como manusear uma câmara de vídeo, tipos de equipamentos, os principais botões e comandos para produzir uma boa captação de som e imagem…

Leia Mais

Eventos

11º Encontro de Corais Finamax

Postado por em 8 de dezembro de 2017

O evento, que está em sua 11ª edição, não tem caráter competitivo. O objetivo é desenvolver, estimular e difundir a prática do canto coral. Envolve ainda, aprendizagem musical, desenvolvimento vocal, integração e inclusão social.

Leia Mais

Posts Recentes

Canon lança nova Câmera EOS 70D

Canon lança nova Câmera EOS 70D

A Canon apresenta hoje o novo elemento da sua conhecida série EOS – a EOS 70D. Desenvolvida para aspirantes a fotógrafos, a Canon 70D é a câmara ideal para todos aqueles que procuram elevar as suas fotografias para o nível seguinte. A conjugação de tecnologia de imagem Canon completamente nova com funcionalidades de partilha potentes e criativas, conferem à EOS 70D a fiabilidade e versatilidade para captar qualquer momento com excelente qualidade tanto em fotografia como em vídeo Full HD.   Capte o momento em fotografia e vídeos Full HD A Canon 70D integra um novo sensor CMOS APS-C de 20.2 MP, desenhado e fabricado pela Canon. É a primeira Digital SLR do mundo a integrar a inovadora tecnologia Dual Pixel CMOS AF, que oferece auto-focagem (AF) suave e precisa na captação de vídeo em Full HD e AF rápida no modo Live View. Equipada com o processador DIGIC 5+ de 14-bits e Sistema AF com 19 pontos de tipo cruzado, a EOS 70D capta imagens em alta resolução com disparos contínuos de até 7 frames por segundo, para 65 imagens em JPEG ou 16 em RAW. Adicionalmente, a gama de sensibilidade ISO de 100-12800 permite fotografar em condições de pouca luminosidade e usar velocidades do obturador mais rápidas, mantendo a elevada qualidade de imagem. “Fiquei deveras impressionado com as novas tecnologias que a EOS 70D integra, e com a sua versatilidade,” afirmou Brutus Östling, Embaixador da Canon. “A EOS 70D é a câmara perfeita para todos aqueles que pretendem desenvolver as suas aptidões fotográficas. Não só é adequada para fotografar pessoas, paisagens e ação com facilidade e excelente qualidade, mas também para filmar em Full HD com uma velocidade de focagem que eu nunca pensei que seria possível. A câmara superou os maiores desafios em vários momentos e mostrou uma série de tecnologias da nova geração para resolver confortavelmente todos os testes a que a submeti — especialmente com a nova tecnologia Dual Pixel CMOS AF. Ela eleva realmente a fotografia e o vídeo DSLR a um nível totalmente novo.” A nova tecnologia Dual Pixel CMOS AF da Canon permite uma rápida auto focagem no modo Live View e focagem precisa e suave na...

Folia de Reis

Folia de Reis

[nggallery id=6]    Companhia de Santos Reis de Vila Formosa Companhia de Santos Reis de Vila Formosa – Grupo de Folia de Reis formado por migrantes paranaenses, mineiros e nordestinos, na Vila Formosa, zona norte de Sorocaba. A origem da Companhia de Santos Reis de Vila Formosa é recente. Começou em 1989, quando o senhor José Coppi, embaixador (mestre) da Companhia, recebeu uma carta convite do senhor Benedito Parisi e do senhor Tarcísio Amaro para organizarem aqui nesta cidade uma Companhia de Reis.O convite foi logo aceito. Isso porque todos eles já possuíam antecedentes em Companhias de Reis. Aliás, esse fenômeno é inerente aos foliões da Companhia de Santos Reis de Vila Formosa (praticamente todos já participavam anteriormente de outras companhias ou possuiam pais e avós que participavam). Organizou-se então a Companhia de Santos Reis de Vila Formosa. O senhor José Coppi, nessa época, já não mais residia na Vila Formosa e sim na Vila Angélica. Entretanto, como a maioria dos foliões reside na Vila Formosa e por ser ali a sede da Festa de Chegada de Reis, convencionou-se a denominar Companhia de Santos Reis de Vila Formosa. Os personagens da Companhia são: o embaixador ou mestre (aquele que puxa a cantoria), o contra-mestre, a bandeireira (que carrega o estandarte), o apontador de prendas, os Bastião (conhecidos por palhaços, personagens cômicos que utilizam máscara), e os foliões divididos por vozes (tala, requinta, contra-tala, contra-tipe, baixão…) e instrumentos. A Companhia de Santos Reis de Vila Formosa é composta por cerca de 15 pessoas, divididos em um grupo de oito a seis vozes (nem todos na Companhia cantam). Os instrumentos musicais utilizados pelos foliões são: 2 caixas, 1 viola, 3 violões e 1 pandeiro. Os instrumentos de corda são afinados em sol maior. A viola e violões são enfeitados com fitas coloridas. Cada fita pode ter um simbolismo. Geralmente as cores que se utilizam são: amarela, cor-de-rosa, azul (que podem simbolizar a Virgem Maria, sendo que a cor-de-rosa também tem por signo os doze apóstolos de Cristo)e branca (o Divino Espírito Santo). A bandeira, de pano comum, de cor verde, também é enfeitada com flores de papel crepom e fitas coloridas. Nela está a imagem dos Três...

Fernandinho do Depois

Fernandinho do Depois

[nggallery id=5] Fernando Martinês Castijo Castijo, Fernando Martinês – Nascido em São Paulo aos 22 de agosto de 1957. Filho de Antônio Castijo Diaz e de Carmen Martinês Castijo. Veio para Sorocaba aos doze anos de idade, residindo no bairro do Mato Dentro, zona rural sorocabana. Em 1981 foi trabalhar como garçom no Bar “Chorinho”, localizado na Avenida Gal. Carneiro. Esse bar foi o primeiro a oficializar a música ao vivo, com músicos pagos, em Sorocaba. Nesse local desenvolveu-se o conceito de bar cultural, com apresentações de cantores e músicos como Eraldo Basso e Mingo; apresentações teatrais do diretor Benão e exposições de artes plásticas com a artista Lídice, entre outros. Após o fechamento desse bar, Fernando Castijo foi trabalhar no Bar Sal da Terra, também bar cultural e alternativo, com comida vegetariana, música ao vivo, e muita discussões sobre política e filosofia. O cantor Belchior chegou a se apresentar no Sal da Terra. No dia 19 de dezembro de 1985, Fernando foi trabalhar no bar Depois, inaugurado nessa data pelo primeiro proprietário, o Nilo. O bar mudou de endereço, de dono, mas Fernandinho, como é conhecido, está lá até hoje. Como garçom teve o privilégio de trabalhar somente em bares culturais, conhecendo a intelectualidade e a classe artística sorocabana e também de expressão nacional como Genoíno do PT, Bete Mendes, Traditional Jazz Band, Lula Barbosa, Belchior entre tantos outros. Esse contato com os bares despertou o gosto pela música brasileira e pelo cinema nacional (principalmente através do Nilo). Já o cinema, de modo geral, foi seu pai quem o ensinou a gostar. Fernando Martinês Castijo já produziu três documentários: “Anos 60 e depois?” (apresentado no Bar Depois), “Elvis, o mito” e “Elvis, o mito (II)”, estes últimos exibidos no Teatro do Sesi de Sorocaba. Fernando Castijo recebeu homenagens da Câmara Municipal de Sorocaba (por intermédio do vereador Gabriel César Bitencourt), do Grupo Imagem (em 2001) e do próprio Bar Depois (em...

Viva o Centro

Viva o Centro

A Secretaria da Cultura e Lazer (Secult) confirmou para este domingo (07/07) o lançamento oficial do projeto “Viva o Centro”, que deveria ter ocorrido no último final de semana, mas foi adiado por causa das fortes chuvas. Embrionário da criação de um novo eixo cultural na cidade, a partir da Praça Frei Baraúna, e no qual a Cultura é fator decisivo de identidade e desenvolvimento social da cidade, o “Viva o Centro”, tem como pano de fundo a identidade cultural sorocabana, garantindo à comunidade o empoderamento dos espaços públicos, com a retomada e ocupação das áreas de convivência comunitária. As atrações têm início às 10h visando um público variado em gosto e faixa etária. Serão disponibilizadas na praça atividades de bem-estar, lazer, recreação, artesanato, pintura, shows, cinema, teatro e artes. Veja abaixo as atrações do “Viva o Centro” 10h – Atividade de Bem-Estar: Meditação Ativa – Respiração 11h – Performance teatral Cortejo Cênico – Ulysses – James Joyce 11h – Início das atividades nos espaços de Artesanato, de Comidinhas, no Espaço Criança, de Artes Visuais e Espaço de Convivência. Funcionamento das oficinas dos projetos Projeto Pintura Solidária e Rabisquedo, onde os participantes podem materializar suas ideias em pinturas e bonecos de pano, e o Projeto Slackline. 13h – Cinema – Oficina Cultural Grande Otelo 15h – Atividade de Bem-Estar: Meditação Ativa – Respiração 16h – Banda Maria Madame...

SHOW Marcia Mah

SHOW Marcia Mah

Neste domingo (07/07) a cantora Marcia Mah (foto) apresenta no Sesc Sorocaba o show “Mah e Cia. Blues” trazendo de volta a atmosfera intensa do blues que marcou seu início de carreira, acompanhada por músicos do jazz, do blues e da imensa gama de sons brasileiros. O “Mah Cia. Blues” tinge de azul as canções de Chico Buarque, Caetano Veloso, Roberto Carlos, Frejat, em consonância com Willie Dixon, Nina Simone, Billie Holliday, Cole Porter e músicas inéditas do grupo.A apresentação acontece no espaço de convivência do Sesc Sorocaba, às 19h, com entrada...

Simulador de Câmera Fotográfica Online

Não sabe como manipular o shutter, aperture ou o ISO de sua câmera digital? Só usa sua máquina na configuração automática? Se você quiser entender um pouco mais, sem perder horas testando cada uma das características da sua câmera esse simulador pode ser uma mão na roda.Uma boa ferramenta para aprender a manipular os diversos fatores técnicos de uma máquina fotográfica. Apesar de ser em inglês, dá para testar as configurações sem ter que dominar o idioma. Além disso, na sua máquina fotográfica provalvelmente os termos estarão em inglês também (em tempo: shutter = obturador, aperture = abertura, diafragma, ISO = International Standards Organisation, é um padrão de indústria para identificar a sensibilidade do filme ou sensor no caso das câmeras digitais. É o antigo padrão ASA). Para experimentar acesse Camera Demo (em...

Sebastião Salgado: O drama silencioso da fotografia

Sebastião Salgado: O drama silencioso da fotografia

O doutor em economia Sebastião Salgado somente assumiu a fotografia quando tinha uns 30 anos, mas a atividade tornou-se uma obsessão. Seus projetos de anos de duração capturam lindamente o lado humano de uma história global que muitas vezes envolve morte, destruição e ruína. Aqui, ele conta uma história profundamente pessoal da arte que quase o matou, e apresenta imagens espetaculares de seu trabalho mais recente, Genesis, que documenta um mundo de pessoas e lugares esquecidos.   Não tenho certeza se todas as pessoas aqui conhecem minhas fotografias. Quero começar a mostrar-lhes algumas fotos, depois falarei. O doutor em economia Sebastião Salgado somente assumiu a fotografia quando tinha uns 30 anos, mas a atividade tornou-se uma obsessão. Seus projetos de anos de duração capturam lindamente o lado humano de uma história global que muitas vezes envolve morte, destruição e ruína. Aqui, ele conta uma história profundamente pessoal da arte que quase o matou, e apresenta imagens espetaculares de seu trabalho mais recente, Genesis, que documenta um mundo de pessoas e lugares esquecidos. Devo contar-lhes um pouquinho de minha história, porque estaremos falando disso durante minha palestra aqui. Nasci em 1944, no Brasil, numa época em que o Brasil não era ainda uma economia de mercado. Nasci em uma fazenda, uma fazenda que era mais de 50 por cento floresta tropical [ainda]. Um local maravilhoso. Vivi com pássaros incríveis, animais incríveis, nadei em pequenos rios com jacarés. Aproximadamente 35 famílias viviam nessa fazenda, e tudo que era produzido nessa fazenda, nós consumíamos. Muito poucas coisas iam para o mercado. Uma vez por ano, a única coisa que ia para o mercado era o gado produzido, e fazíamos viagens de mais ou menos 45 dias para chegar ao abatedouro, trazendo milhares de cabeças de gado, e cerca de 20 dias de viagem para voltar à nossa fazenda novamente. Quando eu tinha 15 anos, foi necessário que eu deixasse esse lugar e fosse para uma cidade um pouco maior — muito maior — onde fiz a segunda parte da escola secundária. Lá aprendi coisas diferentes. O Brasil estava começando a se organizar, a se industrializar, e eu conheci a política. Tornei-me um pouco radical, era membro de...

Femto-fotografia: Filmando a um trilhão de quadros por segundo

Femto-fotografia: Filmando a um trilhão de quadros por segundo

É possível um filme mostrar a própria luz em câmera lenta? Ou uma câmera fotografar imagens que dobraram a esquina e estão além do campo de visão? Doc Edgerton nos inspirou com espanto e curiosidade com esta foto de uma perfuração de uma bala atravessando uma maçã, e uma exposição de apenas um milionésimo de segundo. Veja a matéria completa...

Site permite localizar câmera roubada pelas fotos

Site permite localizar câmera roubada pelas fotos

O programador Matt Burns desenvolveu um site de busca que permite às pessoas encontrar o seu equipamento fotográfico roubado pesquisando os dados EXIF ​​de seu número de série. Os usuários lesados podem inserir o número de série da sua câmara ou simplesmente soltar qualquer foto tirada com a câmera roubada em stolencamerafinder.com para obter uma lista de páginas da Web que contenham imagens tiradas com a câmera mesmo. O serviço é gratuito e está disponível agora no site abaixo. http://www.stolencamerafinder.com/ EXIF é um conjunto de metadados sobre a imagem que fica guardado no próprio arquivo da foto. Assim, se o ladrão ou receptador postar uma fotografia na Web tirada com a câmera é possível encontrar a foto com o número de série da câmera gravado. Se você não souber o número de série de sua câmera basta arrastar uma foto tirada com ela (sem nenhuma edição) para o quadro no site indicado por “drag & drop photo here” ele fará a busca. Alguns fabricantes não registram o número de série na imagem, o que impossibilita a busca. Nesse caso uma mensagem seria exibida como por exemplo: Fail The ‘NIKON CORPORATION NIKON D200’ does not write serial information in the exif. [View exif details] Se você tem (ou teve uma) câmera isso pode ser útil um dia.  ...

Edy Kolts – Tabela de cálculo de uso de imagem

Edy Kolts – Tabela de cálculo de uso de imagem

A página com a tabela de cálculo de uso de imagem é de livre uso para fotógrafos e demais pessoas. Gostaria de destacar que o sistema tem por objetivo mostrar aos usuários uma fórmula para calcular o valor de uso da imagem de arquivo, e que os preços são uma referência, já que vemos que o mercado fotográfico para licenciamento de imagens é muito variável, principalmente o segmento de imagens para uso editorial em livros didáticos, onde se percebe que apesar das editoras de livros didáticos faturarem BILHÕES de reais por ano, continuam a “puxar” os preços para baixo. Alguns preços podem estar baratos para certos tipos de utilização e outros talvez caros, mas o que interessa é a maneira de calcular. Aceito sugestões para melhorar e ampliar a tabela. Visite a tabela no site www.photoshowcase.com.br Fonte: www.fototech.com.br   Veja mais sobre preços...

Página 43 de 44« Primeira...4344