Os 4P’s do Marketing para Fotógrafos

Publicado em 23 jul 2013

 

Confira dicas de como iniciar um negócio de fotografia pensando nos 4P’s de Marketing, e se dar bem nesse mercado cada vez mais concorrido!

Os 4P’s do Marketing para Fotógrafos

Fotos: Studio Gaea

 

* Por Léo Castro 

 

Ao longo dos anos tenho estudado muitos fotógrafos de sucesso. Frequento seus workshops, sigo cada um no Twitter ou no Facebook, e ainda acompanho suas atualizações em seus blogues. Quando o assunto são os negócios bem-sucedidos, fica mais nítida a importância que os 4P’s do marketing têm na trajetória de sucesso de cada um. Neste artigo compartilharei a importância dos 4P’s do marketing para fotógrafos.  São eles, a propósito: Produto, Preço, Praça e Promoção.

Cada vez mais pessoas têm acesso a equipamentos de última geração e fazem da fotografia um delicioso hobby. Além disso, com a quantidade de informações espalhadas pela Internet, obter conhecimento, de forma autodidata, ficou muito mais fácil. Todo esse aprendizado aliado à prática faz com que muitas pessoas arrisquem a sorte tentando trabalhar com fotografia.

Para se tornar um fotógrafo profissional (eu quero dizer transformar a fotografia em profissão principal) não existem pré-requisitos acadêmicos. Então, saiba as dicas de como iniciar um negócio de fotografia pensando nos 4P’s de Marketing, e se dar bem nesse mercado cada vez mais concorrido.

Os 4P’s do Marketing para Fotógrafos

Imagem: marketingparafotografos.com.br

 

1º) PRODUTO

Que tipo de serviços e produtos você oferecerá?

Escolha o tipo de fotografia e o nicho de mercado que você irá trabalhar, pelo menos em um primeiro momento. Será fotografia de casamentos? Infantil? Newborn? Fotografia Publicitária ou moda? Quais são os produtos ou serviços  que está disposto a entregar a seu cliente? Somente fotografia? Álbum? Sessões?

– E o Portfólio?

Portfólio é a alma do seu negócio.

Para um fotógrafo que está começando do zero, existem alguns caminhos. Os três mais conhecidos são:  cobrar mais barato pelo serviço, o que eu não indico. Investir em portfólio, fazendo três serviços sem cobrar nada. (Isso mesmo, sem cobrar nada!) Desta forma, você poderá escolher modelos para o portfólio. E o terceiro, trabalhando como auxiliar de outros fotógrafos, podendo negociar a utilização das imagens para o seu portfólio (nem todos os fotógrafos cedem as imagens).

Esta escolha é muito importante, pois você precisa lembrar de algo: “portfólio  é o seu produto, e o produto é a alma do seu negócio”.

2º) PREÇO

Qual a sua estratégia de preço?

Existem algumas estratégias de precificação que o mercado de fotografia utiliza:

  1. Seguir concorrentes: fixação dos preços iguais aos concorrentes;
  2. Cotar por baixo: preços inferiores ao da concorrência;
  3. Líderes de preço: os líderes de preço são responsáveis por ditar o nível de preço do setor;
  4. Preço de penetração: fixação de um baixo preço introdutório para conseguir alguma participação de mercado.

 

E os Custos? Claro, em todas as estratégias acima é obrigação do fotógrafo saber quais custos implicam em seus produtos e serviços. O meu conselho é que você faça uma pesquisa de preços na concorrência antes de definir a estratégia que irá adotar. Leve em consideração os seus custos e o que os seus clientes esperam de você.

3º) PRAÇA

Qual a sua região geográfica de atuação?

Você deverá escolher a sua região geográfica de atuação. Pode ser um conjunto de bairros, no caso das grandes cidades, uma cidade inteira ou um conjunto de cidades. Ou ainda, todo um Estado ou até mesmo todo o Brasil.

– Seu Site

Com o mundo conectado ficou muito mais fácil quebrar as barreiras geográficas. É muito comum encontrarmos excelentes fotógrafos de cidades do interior que realizam trabalhos pelo Brasil e em alguns lugares do mundo. Então, ter um site com um design clean, competitivo e voltado para a usabilidade é muito importante. Nele, você vai expor o seu portfólio virtual, seus contatos, blog e redes sociais.

Não conheço negócio de fotografia de casamentos bem-sucedido sem um site. Monte você mesmo um site ou contrate uma empresa que faça um. Para começar, indico que você monte o seu. Existem várias ferramentas para a criação de sites que você mesmo pode fazer com facilidade. Basta investir um pouquinho de tempo.

– Qual é o seu público-alvo?

Essa é uma definição muito importante que refletirá em todos os outros P’s. Para escolher o público-alvo, você deve levar em consideração a região onde você quer atuar, a classe social dos seus clientes,  faixa etária,  nível de renda, nível de escolaridade e estilo de vida. Aconselho planejar com cuidado o seu cliente ideal. Aquele que você quer atender e fornecer os seus serviços. Conhecer o seu cliente ideal é vital para o sucesso do seu negócio.

4º) PROMOÇÃO

Como promover?

Depois de criar o seu site, o próximo passo é ter uma conta no Facebook. Neste momento é importante que seja uma fanpage, com um visual em linha com o seu site.  Cuidado, não misture o seu perfil pessoal com o profissional. Por falar em Facebook, as redes sociais são muito importantes neste início! E, claro, conte com a ajuda de seus amigos para alavancar a divulgação.

– Divulgação de baixo Custo

Existem formas de baixo custo para promover o seu negócio. Uma delas é o Facebook Ads. Com um orçamento de R$ 40, você consegue atingir o seu público-alvo. A ferramenta é bem simples e fácil de usar. Um dos grandes atrativos é que você consegue segmentar a sua campanha de acordo com os seus interesses. Veja a imagem abaixo!

Os 4P’s do Marketing para Fotógrafos

Imagem: marketingparafotografos.com.br

– Parcerias

Outra maneira de promover é criando parcerias com negócios que possuem o mesmo público- alvo e podem influenciar na escolha do cliente, como cerimonialistas, casas de festas e buffets.

Recapitulando:

Conforme vimos, de nada adianta ter um equipamento “top” e técnica apurada, se não souber o básico de marketing.

  • Nesse artigo, você teve a oportunidade de entender a importância na escolha do seu nicho de mercado, montagem de portfólio e a definição do seu  PRODUTO.
  • Vimos juntos como é importante fazer uma pesquisa com os concorrentes para definir a melhor estratégia  de PREÇO para o seu negócio.
  • Ter um site competitivo e definir o seu público-alvo compõem as principais características de sucesso na definição da PRAÇA.
  • E, por último, PROMOÇÃO. Para promover o seu negócio não é necessário muito investimento, você pode recorrer ao Facebook ou até mesmo fazer parcerias com empresas que têm o mesmo público-alvo que o seu.

 

Gostou?

Os 4 P’s são apenas a introdução do marketing para fotógrafos. Existem muitas técnicas profissionais de marketing que você pode aplicar ao seu negócio. Em breve, aprofundaremos mais sobre Produto, Preço, Praça e Promoção. Fique atento!

———————————————————————————————————————————————————————————————————————————————-

* Léo Castro é carioca e tem formação em Administração com MBA em Marketing. Desde 2010, fotografa profissionalmente; em 2011 lançou o Olha o Passarinho Fotos, e em 2013 está lançando um blog dedicado exclusivamente ao  Marketing para Fotógrafos.

– See more at: http://wedding.photos.uol.com.br/os-4ps-do-marketing-para-fotografos/#sthash.auuX3btK.dpuf

 

Fonte:  http://wedding.photos.uol.com.br/os-4ps-do-marketing-para-fotografos/

email

1 comentário

  1. Ótima matéria, conteúdo sensacional! Todo fotógrafo deve antes de tudo aprender esses fundamentos básicos de marketing digital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *