Fotógrafo retrata cães abandonados representando emoções humanas

NicetoMeetYou_interna

O fotógrafo Martin Usborne já nos tinha deixado emocionados com a série de fotos retratando o silêncio dos cães esperando por seus donos (veja aqui) e agora não fez por menos: um ensaio onde ele cria diferentes retratos de cães abandonados e nos faz pensar sobre a própria condição humana.

Certamente já aconteceu com você – um dia de maior ou menor felicidade em que alguém lhe pergunta: “Como está?”; você responde intuitivamente “Estou bem, obrigado”. Quanto pode estar escondido por trás de uma frase como essa? Martin Usborne, fotógrafo sediado em Londres, viveu essa mesma cena, em um dia de pura depressão. Daí criou a série Nice to Meet You (Prazer em te Conhecer).

Cada retrato é apresentado por detrás de um determinado material, seja um vidro molhado ou uma leve fumaça, e cada imagem tem como título uma frase que usamos no dia-a-dia e que normalmente esconde algo, permitindo interpretações nas entrelinhas. Com isso, Usborne nos quer fazer pensar sobre o não dito e sobre um lado mais instintivo da nossa natureza. Por isso usa animais, que apesar de não usarem palavras, têm uma incrível capacidade pra comunicar.

Todos os cães foram abandonados e nenhum é treinado, o que faz com que frequentemente se tornem agressivos. Um deles é um lobo. Usborne garante que todos eles foram bem tratados e protegidos no processo das fotos.

NicetoMeetYou1

I Also Work At The Bank (Eu também trabalho no banco)

NicetoMeetYou2

I Love You (Eu Te Amo)

NicetoMeetYou3

You Look Great (Você Está Ótimo)

NicetoMeetYou4

Well Done (Bem Feito)

NicetoMeetYou5

It Was a Long Time Ago (Isso foi há muito tempo atrás)

NicetoMeetYou6

It’s Ok (Tudo Bem)

NicetoMeetYou7

I Agree (Eu Concordo)

Apesar da reflexão sobre a natureza humana, a série é também sobre as dores e necessidades ocultas dos animais, muitas vezes silenciadas pelos humanos.

todas as imagens @ Martin Usborne

Fonte: http://www.hypeness.com.br/

email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *