Fotógrafa retrata dia a dia de irmãs não biológicas.

Fotógrafa retrata dia a dia de irmãs para mostrar que não há diferença entre filhos adotivos e biológicos

Anna Larson é mãe das garotas e tem muito orgulho da relação das duas

8wh08ny1zu_5nrs7w13zb_file

Existe um certo preconceito em torno da palavra “adoção”. Apesar de ser um ato nobre e comum, adotar uma criança ainda é tido como um “fardo” para algumas pessoas. Anna Larson, mãe de três filhos, sendo dois biológicos e uma adotiva, resolveu mostrar que, na verdade, a adoção não é nada mais, nada menos do que dividir e recriar o amor

Em uma série fotográfica que ela intitulou de Barely Different (Pouco Diferente, em tradução para o português), Anna procurou retratar o dia a dia de Haven e Semenesh, suas duas filhas

Sua vontade de adotar uma criança surgiu logo em sua adolescência ao participar voluntariamente de um centro de cuidados infantis no Haiti

Entretanto, a criança que havia conquistado o coração de Anna na época veio a falecer enquanto ainda estava aos seus cuidados

A partir deste momento, a fotógrafa ficou ainda mais determinada em adotar uma criança

Foi neste momento em que ela conheceu Semenesh, uma garotinha da Etiópia, que, em pouco tempo, se tornou a sua garotinha etiopiana

Desde a adoção, Samenesh e Haven desenvolveram uma amizade como Anna nunca havia visto antes

As duas irmãs desenvolveram uma amizade sem igual e estão sempre brincando juntas, como é possível ver no trabalho de Anna

Segundo a mamãe orgulhosa, a conexão das duas mostra como o amor e o companheirismo estão acima de qualquer preconceito

Além da conexão afetiva, as duas também comemoram aniversários no mesmo mês, em setembro

— Elas sabem que muitos estão lendo nossa história e estão muito felizes em poder compartilhar fotos de seu vínculo. Nós não poderíamos estar mais felizes de ver tanto apoio e respostas positivas de todos aqueles que sentem o mesmo. O amor não conhece barreiras

Fonte: http://entretenimento.r7.com/mulher/fotos/fotografa-retrata-dia-a-dia-de-irmas-para-mostrar-que-nao-ha-diferenca-entre-filhos-adotivos-e-biologicos-19052015#!/foto/15

email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *