Biblioteca comunitária oferece curso gratuito de fotografia

Curso será ministrado por Fábio Rogério, do jornal Cruzeiro do Sul

fabio rogerio

felipe.shikama@jcruzeiro.com.br 

A partir de segunda-feira (25), a biblioteca comunitária do Parque das Laranjeiras recebe inscrições para um curso gratuito de fotografia. A ação inédita no bairro é desenvolvida em parceria com a rádio comunitária Cultural FM.

Destinado para fotógrafos com ou sem experiência, o curso será ministrado pelo fotógrafo profissional Fábio Rogério, fotojornalista do Cruzeiro do Sul. As vagas são limitadas e as inscrições deverão ser feitas entre os dias 25 e 28 de agosto, das 14h às 19h30, na sede da biblioteca (rua Michel Chicre Maluf, 450, Pq. das Laranjeiras).

O curso tem carga horária total de 16 horas e os alunos receberão certificado de participação. As aulas acontecem nos dias 30 e 31 de agosto e 6 e 7 de setembro, das 9h às 13h.

Os interessados devem possuir câmeras fotográficas que dispõem de recursos manuais, como controle de velocidade e obturador. Se o número de inscritos for maior que o de vagas, 20 ao todo, haverá seleção, com prioridade aos moradores da região.

Fábio Rogério comenta que, durante os quatro encontros, além de uma breve história da fotografia, serão abordados conteúdos teóricos e práticos sobre a fotografia. “Mas o foco principal é a prática, por isso haverá saída fotográfica pelo bairro”, antecipa.

Além disso, o curso vai abordar aspectos sobre o mercado de trabalho como registro profissional e montagem de portifólios. “A ideia do curso é aprimorar a técnica dos participantes e, ao mesmo tempo, fazer com que eles consigam se profissionalizar e ter aumento na renda”, comenta Rogério.

De acordo com o coordenador da biblioteca, Josué Lima, a ideia de oferecer o curso em parceria com Fábio Rogério surgiu da constatação de que muitos jovens da Zona Norte possuem equipamentos fotográficos de qualidade, mas não conseguem explorar todos os seus recursos. “A Taça Baltazar Fernandes (de futebol de várzea) conta com 86 times e muitos clubes possuem as máquinas (fotográficas), mas as pessoas acabam não conseguindo fazer fotos legais dos jogos”, constata.

Lima acrescenta que nos últimos meses a biblioteca tem recebido uma série de eventos culturais, como lançamentos de livros com presença dos autores e a Noite do Vinil que no dia 13 de setembro terá sua segunda edição, com discotecagem dos DJs Preto e Thiago. “Mas o que mais queremos nesse momento é desenvolver cursos porque isso deixa um legado maior”, explica.

Fotógrafo profissional há 18 anos, Fábio Rogério começou sua carreira como jornaleiro do Diário de Sorocaba. No mesmo jornal, trabalhou no laboratório fotográfico até ter a oportunidade de registrar um acidente automobilístico. “Como não tinha nenhum fotógrafo na redação naquela hora, pediram para eu ir. Depois disso não parei mais de fotografar”, comenta Fábio, que é fotojornalista do Cruzeiro do Sul há 9 anos. Entre suas principais coberturas jornalísticas estão a visita do Papa Francisco no Rio de Janeiro e o jogador Neymar no início da carreira.

Mais informações sobre o curso gratuito de fotografia podem ser obtidas telefones (15)3011-5752 ou (15) 99747-5884.

 

Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/565431/biblioteca-comunitaria-oferece-curso-gratuito-de-fotografia

email

5 comentários

  1. NILSON OLIVEIRA /

    Olá, tenho interesse sim de participar.
    Sou do Jd.Simus, é possivel
    att.

    • NILSON OLIVEIRA /

      Olá, tenho interesse sim de participar.
      Sou do Jd.Simus, é possivel

  2. Sim Nilson, pessoas de todos os bairros podem participar.

  3. Joana /

    Olá. Estive no local ontem e fiz minha inscrição.

    Porém, não achei o local apropriado. Escuro, sujo e sem nenhuma segurança. Quem me garante que não terei a câmera roubada?

    Entendo que é um curso gratuito e acho muito nobre por parte do Sr. Fábio Rogério. Mas seria fundamental um lugar melhor!

    Grata.

  4. Fábio Rogério /

    como eu vi só agora esse comentário vou responder, o lugar seguro é dentro do quartel da policia talvez a fulana poderia procurar um curso por lá, e o curso como diz é fotojornalismo faz quem temvontade e não escolhe lugar, fotojornalista vai do Habiteto ao Campolim, eu por duas vezes fotografei traficante morando em condomínio de luxo poderia ser seu vizinho né, já pensou, alias no bairro nobre tem vários curso de fotografia e pq a fulana procurou logo o gratuito na Zona Norte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *