Fotografando família com luz natural

Fotografando família com luz natural

Fotografando família com luz natural   Juntar toda a família e durante um dia na praia no campo ou na cidade pode render lindas fotografias, não é? E é com a luz natural que a fotógrafa Giselle Sauer faz a mágica dos registros de família. Sem estúdio, utilizando locações externas e a própria casa dos clientes, criando assim uma originalidade e um sentimento singular de cada família registrada. A fotógrafa vem pela primeira vez ao estúdio da PhotosTV, trazendo temas como estilo e identificação com cliente, como utilizar da iluminação natural com, família, gestante e bebês. O curso tem duração de 12 horas e além de muito conhecimento e técnica, traz ainda muitas inspirações para estimular sua criatividade. Essa imagem abaixo foi no momento que Giselle e a criança estavam criando uma conexão. A fotógrafa fica sozinha com os pequenos até que a criança olhe ou brinque com ela. Em algumas situações pode ser bem cansativo, mas se a criança olhar de maneira espontânea o resultado será totalmente diferente, e toda pessoa que olhar a fotografia conseguirá sentir a mesma conexão com a imagem da mesma forma que a criança se conectou com a fotógrafa....

Detentos fazem fotos retratando suas vidas

Detentos fazem fotos retratando suas vidas

Detentos fazem fotos retratando suas vidas Projeto inédito permitiu que detentos fotografassem suas próprias realidades dentro de Associação de Proteção ao Condenado O periódico A Estrela que na década de 1940 publicava artigos de presos, agora vem com uma nova ideia e renasce em Itaúna, com histórias desses homens condenados por diversos crimes onde contam seus próprios relatos de vida. Pequenos contos escritos a partir da reunião de várias histórias tomaram forma para falar de forma poética a realidade dura vivida por eles, onde nas fotografias foram registrados detalhes de um cotidiano escondido dos olhos do mundo. A revista será lançada no sábado, 21, no 5º Festival de Fotografia de Tiradentes, Foto em Pauta, no Espaço Nikon, as 16hrs. Com 32 paginas de textos e fotos, que foram produzidas exclusivamente por 19 detentos e um funcionário da Associação de Proteção ao Condenado em Itaúna, durante o curso sobre técnicas e conceitos da comunicação profissional. As aulas foram conduzidas pela jornalista Natália Martino, pelo fotógrafo Leo Drumond e pelo designer Gabriel Reis, ambos da Nitro Imagens. Durante o lançamento a revista será vendida no local por R$25,00. Metade do valor será destinado à Apac e quem adquirir um exemplar vai concorrer a uma foto 40x60cm em papel fine art....

Projeto de fotógrafo faz alerta ao crescimento urbano

Projeto de fotógrafo faz alerta ao crescimento urbano

Projeto de fotógrafo faz alerta ao crescimento urbano Fotógrafo traz imagens de famosa lagoa que era rica em fauna e flora Sérgio Santos é fotógrafo há 25 anos e desenvolveu o projeto chamado “Pescador de Ilusões”. Formado no Curso Superior de Fotografia pela Universidade Maurício de Nassau em Recife, durante toda sua carreira participou de concursos e exposições coletivas. Morando próximo da Lagoa Náutico, que é a maior lagoa de formação de restinga em área urbana do Brasil, a lagoa que antigamente existia nela variadas espécies de peixes, aves e jacarés, hoje sofre cada vez mais com o desmatamento e a poluição que afetam a fauna e a flora do local. “Pescador de Ilusões” é uma tentativa de fazer algo pelos pescadores e pela natureza como uma forma de alertar a população. As imagens aconteceram de forma espontânea, sem interferência do fotógrafo que só precisou se posicionar para fazer os melhores ângulos onde a luz o favorecia, utilizando de uma Nikon D7000 com lente Nikon 55-300 mm. “Creio que o título do projeto já nos faz perceber o quanto a falta de planejamento em relação a um crescimento urbano tem transformado a realidade em ilusão” conclui Sergio referente à mensagem de seu projeto....

Fotógrafa transforma dupla exposição em arte

Fotógrafa transforma dupla exposição em arte

Fotógrafa transforma dupla exposição em arte Profissional realiza trabalho artístico com dupla exposição misturando pessoas e natureza   Pernambucana Stephanny Lotus, vive há cinco anos em Porto Alegre onde foi buscar novos horizontes artísticos e se aprimora nos estudos, hoje está cursando Artes Visuais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Desde menina estava rodeada de arte, devido sua mãe que gostava de se aventurar pela pintura, escultura e desenho. Quanto à fotografia veio por meio de seu tio onde eles brincavam de fotografar. Hoje Stephanny faz incríveis trabalhos autorais voltados para ensaios artísticos, mas busca expandir seu conhecimento para áreas como registro de família, campanhas de esportes e editoriais de moda. Confira a entrevista completa: Portal Photos: Como iniciou sua vida de fotógrafa? Stephanny Lotus: Foi por causa do meu tio que tinha uma câmera e quando comprava filme eu brincava de montar cenários, fantasias, maquiagens quando eu tinha perto dos cinco anos. Depois, aos 16 anos, fiz um curso de fotografia básica analógica em 1999, no Senac do Recife, que não foi muito legal porque o professor só falava sobre fotografia de casamento e eu já pensava em retratos. Consegui aproveitar por causa dos amigos que fiz nesse curso, íamos para praias só para fotografar uns aos outros e por aí fui descobrindo o retrato. PH: Como define seu estilo de fotografia? SL: Então, nunca tive a preocupação de definir um estilo para as minhas fotografias, sempre estou em busca de novas experiências. Tem alguns artistas que me inspiram como o Germaine Krull, a Wanda Wulz, entre outros tantos, gosto sempre de olhar referências. As pessoas me inspiram também, muitas vezes estou conversando com alguém e consigo perceber pequenos gestos, ângulos e fico com vontade de descobrir mais sobre a pessoa, fotografando ela por exemplo. Não consigo achar uma única palavra que defina, prefiro expandir a rotular. PH: O que despertou seu interesse para a realização do projeto Natureza Selvagem? SL: Tive vontade de investigar meus retratos a fim de que esses refletissem alguma característica minha. O que encontrei foi o amor incondicional que tenho pela natureza, pelo nosso estado natural, selvagem, por isso chamo essa série de Natureza Selvagem. Quando...

Miniaturas são personagens de projeto fotográfico

Miniaturas são personagens de projeto fotográfico

Miniaturas são personagens de projeto fotográfico Além de criar cenas em casa, fotógrafo inova e leva suas miniaturas para serem registradas na rua em meio aos imensos objetos da cidade Existem vários projetos que fazem relação com pessoas e objetos em miniatura, mas o projeto do fotógrafo Renan Viana intitulado “Encolhi as Pessoas” tem o diferencial de fazer imagens na rua. Criando cenários incríveis em sua casa nos dias de semana, ele aproveita os finais de semana para levar suas miniaturas para rua. “O objetivo do projeto sempre foi exercitar minha imaginação e criação, me sentia frustrado em estar produzindo apenas trabalhos comercias, tentei focar na criação de algo novo todos os dias, e continua sendo o meu principal objetivo até hoje”, justifica ele quando deu inicio ao projeto. O projeto surgiu depois de uma visita em um antiquário quando ele encontrou uma caixa cheia de miniatura, observando a perfeição dos detalhes foi onde na mesma hora começaram a surgir possíveis ideias. Depois de pesquisar referências de outros fotógrafos, Renan resolveu usar os bonecos colocando eles em cenas inusitadas, levando o observador a imaginar como seria ser tão pequeno naquela situação. Anotando todas as possibilidades de ideias para não esquecer, sua criação de cenas começa a partir da imaginação de ser tão pequeno em um mundo onde tudo é tão imenso. Buscando usar objetos comuns a maioria das pessoas, deixando evidente a relação de tamanho com as miniaturas. Quando esta na rua a reação das pessoas é muito curiosa, pois ficam procurando o que o fotógrafo esta registrando devido às figuras serem bem pequenas. O Instagram  ( https://instagram.com/encolhiaspessoas/ ) foi a ferramenta que escolheu para mostrar o trabalho com o projeto, por ser uma galeria de bolso e de constante atualização, “a repercussão do projeto na comunidade me surpreendeu e continua surpreendendo positivamente” afirma ele sobre o crescimento de seus seguidores. Agora ele acaba de ativar o blog  (http://encolhiaspessoas.com.br/category/blog/) do projeto onde vai comentar seu processo de criação e mostrar um pouco de making of das produções....

Página 1 de 812...Última »