Parque Estadual da Cantareira

17/08/2014-  Passeio Fotográfico
Parque Estadual da Cantareira – Núcleo Engordador
Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Engordador

Parque Estadual da Cantareira – Núcleo Engordador

Inscreva-se preenchendo e enviado o formulário no final da página.

Este foi o segundo núcleo do Parque Estadual da Cantareira aberto à visitação pública e às atividades de educação ambiental, em duas etapas de 1992 à 1995, quando foi fechado e mais tarde, em 1997 quando uma importante parceria entre o Instituo Florestal e Furnas Centrais Elétricas permitiu sua reabertura ao público. Possui portaria, bilheteria, sanitários, área de piquenique, centro de visitantes, audiovisual e, claro, as maravilhosas trilhas de interpretação da natureza. O curioso nome Engordador, deve-se ao fato de ter existido no final do século XVII, uma fazenda onde era realizada a “engorda” do gado que ali chegava. É por isso que depois da desapropriação para abastecimento de água a região ganhou o nome de Engordador.

Este núcleo do parque possui duas trilhas para caminhada. Todas oferecem a oportunidade de contato com a mata atlântica. A Trilha da Cachoeira (3 km, nível médio, 2 h, circular) passa por três quedas d’água em que se pode tomar banho, cruza o rio Engordador e, na parte mais alta, chega ao antigo tanque de captação de água da Sabesp, a Casa de Bombas construída em 1898. A Trilha do Macuco é bem menor (640 m, nível fácil, 40 min, circular) e acompanha o riacho, permitindo que se observe a mata ciliar.

Mais informações: http://www.recanta.org.br/nucleo_engordador_cantareira.html

Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Engordador

Parque Estadual da Cantareira – Núcleo Engordador

Acesso pela Rodovia Fernão Dias, até o Km 79 sentido SP-BH, entrar na alça de acesso para a Av. Coronel Sezefredo Fagundes, n.º 19.100 – sentido Mairiporã. Próximo à Pedreira Itacema.

  • É muito bonito e bem cuidado.
  • Se o seu objetivo é fotografar paisagens e algumas cachoeiras, este é o destino certo.
  • Muita flora, pouca fauna.
  • Lugares pitorescos e antigos para fotografar.
  • Você não verá o tempo passar. Como a mata da trilha é fechada, você raramente consegue acompanhar o movimento do sol. Quando perceber, 3 ou 4 horas já terão se passado, em contato pleno com a natureza.
  • Se ao final da caminhada, você quiser fazer um piquenique, existem muitas áreas com mesas e bancos para tal, e como o estacionamento é de fácil acesso, você pode rapidamente voltar ao carro para pegar sua comida.
  • A trilha da cachoeira, apesar de ter apenas 3km de extensão (ida e volta), exige esforço físico. Se for em grupo, você terá que ser paciente nas subidas, pois exigem um esforço alto para os menos preparados fisicamente. Leve água. 500ml devem ser suficientes, mas se você é mais sedento, leve 1 litro ou mais, principalmente se você fizer várias paradas para fotografar.
  • O lugar é muito bonito e rende belíssimas fotos.
  • Praticamente só se chega de carro, qualquer carro.
Quando: 17/08/2014
Saida: 07h – do Grupo Imagem, rua Júlio Hanser, 140, Jardim Faculdade, Sorocaba, SP (Prédio do Sindicato dos Metalúrgicos)
Volta: 15h, previsto em Sorocaba por volta das 17h
Custo: R$ 100.00 por pessoa
Forma de pagamento: Depósito ou transferência bancária e envio do comprovante para cursos@grupoimagem.org.br para efetivar a reserva.
Banco: Bradesco
Agência: 0152
Conta Corrente: 150.366-9
Nome: Edson Cortez Souza e ou Edeson de Souza
CPF: 311.241.108-01
 
Inscreva-se preenchendo e enviado o formulário abaixo.
 

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seus telefones(obrigatório)

Assunto (obrigatório)
Inscriçãoinformações

Marca e modelo de sua câmera e numero da RG

email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *